JOGOS

CDCP 2-0 BENFICA B (CRÓNICA)

Uma exibição convicente, coroada com eficácia nos momentos certos! Esta pode ser a descrição, em poucas palavras, para a vitória sobre o Benfica B - a primeira em três jogos oficiais.

Mais de mil e cem espectadores (melhor casa da época até ao momento) assistiram a um jogo de sentido único, com um golo em cada meio-tempo. Dieguinho foi o homem do dia, com um golo a meio da primeira parte e outro à passagem do quarto de hora do segundo tempo. O primeiro através de uma jogada individual, após ultrapassar Alex Pinto e enganar Kalaica e Zlobin, rematando já de ângulo apertado. O segundo depois de ajeitar a bola entre os centrais, aproveitando o falhanço de Onyilo, após passe de Adilson.

Com esta vitória, o CD Cova Piedade regressou às vitorias quatro jogos depois (três para a Liga) colocando ponto final na falta de eficácia ofensiva (três jogos completos sem marcar), e ultrapassou o adversário desta jornada. 

Pedro Alves; Adilson, Willyan, Lima Pereira e Evaldo; Soares, Robson e Paulo Tavares (Rui Sampaio, 62 min); Dieguinho (Ballack, 81 min), Liu (Onyilo, 57 min) e Firmino.

Suplentes não-utilizados: João Paulo Kuspiosz, Sori Mané, Roberto e Floro.

1-0 por Dieguinho, 22 min

2-0 por Dieguinho, 56 min

CDCP - BENFICA B (FACTOS E CURIOSIDADES)


CD Cova Piedade SL Benfica B

LedmanLigaPro, 7ª jornada

FACTOS E CURIOSIDADES

- O CD Cova Piedade chega a esta jornada depois de três derrotas consecutivas. Não marca há 221 minutos para o campeonato.

- O Benfica B, fora de casa, conseguiu apenas um ponto em três jogos. Não marca fora há 191 minutos.

- Dois pontos separam as duas equipas, com vantagem para o Benfica B.

- Na época passada, para a LedmanLigaPro, empate fora (1-1) e derrota do CD Cova Piedade, em casa (1-2).

- Foram, até agora, os únicos jogos oficiais entre as duas equipas. No histórico de confrontos, uma vitória para o Benfica B e um empate.

- Enquanto o CD Cova Piedade cumpre a segunda época na Liga2, o Benfica B participa pelo 6º ano de forma consecutiva.

- Vai ser o quarto jogo de João Barbosa frente ao Benfica B. Até agora, empatou um e perdeu dois, sempre ao serviço do Oriental.

- Vai, também, ser o quarto jogo entre os dois treinadores, com os mesmos números.

- André Narciso, da AF Setúbal, vai dirigir o encontro.

 

FC PENAFIEL 1-0 CDCP (CRÓNICA)

Depois das derrotas com a equipas B de Sporting e Vitória de Guimarães, para o campeonato, e com o Rio Ave para a Taça da Liga, seguia-se o Penafiel, de novo para o campeonato. Uma equipa a quem o CD Cova Piedade não conseguiu vencer na temporada anterior, mas que partia para esta 6ª jornada com menos pontos na tabela.

A jogar em casa, os durienses cedo assumiram as despesas do jogo, mas sem criar perigo para a baliza do (quase) espectador Pedro Alves. Do outro lado, também Ivo Gonçalves teve pouco trabalho, ainda que a primeira grande oportunidade de golo tenha sido protagonizada pela nossa equipa, através de Hugo Firmino, que, isolado, fez um chapéu de abas demasiado largas à baliza penafidelense.

Já perto do intervalo, Fábio Abreu cabeceou de forma certeira entre os centrais, correspondendo da melhor maneira a um cruzamento de José Gomes, no corredor esquerdo. Foi o momento alto de um jogo equilibrado, pobre, e sem grande brilhantismo dos dois lados. Até final, nota para uma grande penalidade defendida por Pedro Alves - a segunda da época - a remate de Diouf.

Pedro Alves; Adilson, Daniel Almeida (Ballack, 79 min), Willyan e Evaldo; Soares, Robson e Paulo Tavares (Liu, 63 min); Firmino, Cleo (Sampaio, 63 min) e Dieguinho.

Suplentes não-utilizados: João Paulo, Michael, Sori Mané e Lima Pereira.

Golos: 1-0 por Fábio Abreu aos 39 minutos.

FC PENAFIEL - CDCP (FACTOS E CURIOSIDADES)

FC Penafiel CD Cova Piedade


LedmanLigaPro, 6ª jornada

FACTOS E CURIOSIDADES

- Um ponto separa as duas equipas, com vantagem para o CD Cova Piedade.

- Na época passada, para a LedmanLigaPro, vitória do Penafiel em casa, por 2-1, enquanto no Estádio José Martins Vieira, houve empate 1-1. Ambos os golos do CD Cova Piedade marcados por Irobiso.

- Foram, até agora, os únicos jogos oficiais entre as duas equipas. No histórico de confrontos, uma vitória para o FC Penafiel e um empate.

- Enquanto o CD Cova Piedade cumpre a segunda época na Liga2, o Penafiel participa pela 22ª vez na prova.

- Robson defronta a equipa que representou em 12/13, com 33 jogos realizados na Liga2.

- Vai ser o segundo jogo de João Barbosa frente ao Penafiel. No anterior, para a Liga2, em 15/16, perdeu ao serviço do Oriental, por 1-0.

- Do outro lado, será o primeiro jogo do treiandor António Conceição frente ao CD Cova Piedade.

- Os dois treinadores defrontaram-se uma vez. Foi apra a Taçla da Liga em 14/15, com vitória do Oriental (de João Barbosa) sobre o Olhanense (de Toni Conceição) por 3-1.

- António Nobre, da AF Leiria, vai dirigir o encontro.

RIO AVE 2-0 CDCP (CRÓNICA)

Num jogo em que o CD Cova Piedade não era considerado favorito, prevaleceu a teoria e a lei do mais forte. O Rio Ave, que chegou a esta jogo com três vitórias e apenas um empate (contra o Benfica) nos quatro jogos oficiais esta época, era considerado favorito e cedo reforçou esse estatuto, ao marcar logo ao terceiro minuto, por Marcelo, num lance de bola parada.

Numa primeira parte equilibrada e sem grandes motivos de interesse, não surpreendia se o jogo fosse para o descanso com uma igualdade no marcador. Valeu, ao Rio Ave, Nelson Monte com um corte acrobático a evitar o golo de Dieguinho, naquele que foi o único lance de perigo junto de uma das balizas nos primeiros 45 minutos.

Na segunda parte, o treinador João Barbosa ainda arriscou, com a inclusão de Onyilo ao lado de Cleo, no centro do ataque, mas o Rio Ave desfez as dúvidas quase a acabar, também de cabeça, no seguimento de uma bola parada, desta vez por Marcão, o outro central da equipa vilacondense.

Com esta derrota, o CD Cova Piedade fica, pela segunda época consecutiva, às portas da fase de grupos. Há um ano, caiu em Arouca. Desta vez foi em Vila do Conde.

 

Pedro Alves; Adilson (Onyilo, 76 min), Willian, Lima Pereira e Evaldo; Soares (Sampaio, 76 min), Robson e Paulo Tavares (Ballack, 66 min); Firmino, Dieguinho e Cleo.

Suplentes não-utilizados: João Paulo, D. Almeida, Mane e Liu.